Economia >

Sustentabilidade

• 2174 dias astrás

"O que necessitamos, pois, é de uma redefinição da natureza da tecnologia, uma mudança de sua direção e uma reavaliação do seu sistema subjacente de valores. Se a tecnologia for entendida na mais ampla acepção do termo — como a aplicação do conhecimento humano à solução de problemas práticos —, torna-se evidente que nossa atenção foi excessivamente concentrada nas tecnologias pesadas, complexas e consumidoras de recursos; mas que devemos agora voltar-nos para tecnologias brandas que promovam a resolução de conflitos, os acordos sociais, a cooperação, a reciclagem e a redistribuição da riqueza, etc. Schumacher salientou, em seu livro Small is beautiful* que necessitamos de uma "tecnologia com rosto humano"" - Frijot Capra - Ponto de Mutação

Não sou muito fã das ideias de Fritjot Capra, talvez seja porque não concorde com ele no quesito de sistemas não-lineares e com algumas de suas concepções políticas e econômicas. Mas nesse caso fica impossível de se discordar dele.

Necessitamos de uma nova visão de mundo, a tecnologia deve ser visualizada em todos os seus aspectos, não apenas para proporcionar conforto e facilidades, mas para melhorar a convivência social e ecológica também.

A humanidade sempre considerou os recursos do planeta como inesgotáveis, a partir da Revolução Industrial isso começou a se tornar um problema quando houve um desflorestamento intenso por parte das potências e suas colônias para alimentar com lenha a produção industrial e fabricar navios transportadores e militares. A solução encontrada para o problema foi encontrar e conquistar novos territórios e coloniza-los.

No final do século passado, com a globalização e a liberdade dos países que eram colônias, começou a haver escassez de matéria-prima e a falta de depósitos com condições ideais, dessa forma se fez necessário uma mudança de paradigma, devem-se buscar soluções técnicas e também promover responsabilidade, que não é apenas do governo, mas como de todos os cidadãos.

O conceito de sustentabilidade foi traçado em Estocolmo de 5 a 16 de junho de 1972 Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano e nesta foi-se discutido as visões gerais sobre uma ética com o objetivo de serenar a relação entre homem e meio-ambiente.

As tecnologias começaram a visar e a englobar não apenas a produção dos produtos e sim o seu destino final, que já passou a ser pensando logo no projeto do objeto, ainda falta muito para termos um ciclo de vida dos produtos de forma totalmente sustentável, mas para isso, é preciso também a conscientização da população consumidora desses produtos que tem que descartá-los de forma consciente.

Quer ler mais sobre filosofiaciênciaeconomia e história? Acesse o maior portal de filosofia do país, A Filosofia!

Por: Caio Mariani | www.afilosofia.com.br | caio@afilosofia.com.br | Imagem: robbieflexibles.com

filosofia | sustentabilidade | ecologia | frijot capra | capra | ecologia capra | sustentabilidade capra | tecnologia sustentavel | tecnologia ecologica | tecnologia social | social ecologia