Filosofia >

Pena de Morte (2)

• 2286 dias astrás

Informações para uma pequena simulação probabilística da quantidade inocentes que morrem sem a existência da pena de morte e com a existência da pena de morte aplicadas apenas para psicopatas. Informações:

- Temos 10000 indivíduos cada um é um suspeito acusado de um crime com evidências que apontam para a psicopatia;

- 2000 desses indivíduos suspeitos são inocentes (um numero absurdo, mas favorável aos que são contra);

- A taxa de reincidência entre os psicopatas é de 70%;

- 0,5-3% da população comum é psicopata;

- Só serão condenados indivíduos onde foi verificado a existência de psicopatia (menor quantidade de massa cinzenta no córtex frontal);

- Contando que na reincidência ocorre apenas um assassinato;

COM PENA DE MORTE

Conta para número de mortes de inocentes, caso a pena de morte seja legitimizada:

2000*0,03 = 60 inocentes mortos

Explicando a matemática: o número de inocentes multiplicado pela quantidade média de psicopatas que encontramos na população em geral, e dessa forma, temos o numero de inocentes que serão condenados.

SEM PENA DE MORTE

(10000-2000) x 70% x 1 = 5600 inocentes mortos

Explicando a matemática: (número de condenados - número de inocentes) multiplicado pela taxa de reincidência e pelo numero de assassinatos de cada reincidência.

Quem é contra a pena de morte, está legitimizando a reincidência, ou seja a morte de pessoas aleatórias, sendo a favor da pena morte, sabemos que existe a probabilidade de alguns inocentes morrerem, mas de acordo com a matemática acima essa quantidade é muito menor.

Que é contra a pena de morte também mata, apenas não enxerga, ou não quer ler o que está em sua frente, ao soltar um psicopata, está legitimando a mortes de inocentes aleatórios, mas é aleatório, aí é de boa! o problema é o estado matar diretamente psicopatas, solta eles e deixa matar gente aleatória, é aleatória mesmo (ironia).

Não há diferença real, entre o estado matar diretamente ou indiretamente (o que ele faz quando libera psicopatas). Então vamos racionalizar, e diminuir a morte de inocentes.

Quer ler mais sobre filosofiaciênciaeconomia e história? Acesse o maior portal de filosofia do país, A Filosofia!

Por: Caio Mariani | www.afilosofia.com.br | caio@afilosofia.com.br | Imagem: dailydesigninspiration.com

filosofia | pena de morte | legalizar pena de morte | pena de morte filosofia | pena de morte sociologia | pena de morte psicologia | pena de morte critica | a favor da pena de morte | favor pena de morte | pena morte | a favor pena morte