Filosofia >

Liberdade Individual

• 2272 dias astrás

A sociedade existe para definir regras comportamentais que permitem uma melhor convivência entre os seres humanos, ou seja, a sociedade deve criar regras que estabelecem limites entre onde a vontade de um afeta a liberdade os direitos do outro.

Atualmente existem muitas leis que impedem a liberdade individual, mais amenas em alguns países e mais pesadas em outros, como os países islâmicos que restringem de forma severa o comportamento das mulheres.

Os assuntos que envolvem liberdade individual mais discutidos atualmente se referem ao direito individual dos homossexuais, dos usuários de substâncias ilícitas e um outro que tenta restringir ainda mais a liberdade individual tentando adicionar outros seres vivos (animais) dentro do escopo das regras da sociedade.

É muito difícil traçar linhas que definem até onde a liberdade de uma pessoa interfere com a liberdade de outra, porém quando tentamos desenhar essas linhas devemos tentar medir se o prejuízo de quem é contra determinada liberdade é realmente real.

Neste artigo não irei me aprofundar em nenhum desses assuntos, mas penso que devemos debater o tema da liberdade individual exaustivamente, pois me parece não ser interessante socialmente restringir determinados comportamentos que não afetam outros indivíduos da sociedade de forma real.

Outro ponto é que a sociedade também cria regras que tenta proteger a própria pessoa dela mesma, porém essa me parece ser uma forma equivocada, uma vez que é impossível se controlar esse tipo de ação, um exemplo bem básico é a obesidade, ou invés de controlar não seria mais ideal educar de forma adequada?

Qual a sua opinião sobre a liberdade individual?

Por: Caio Mariani | www.afilosofia.com.br | caio@afilosofia.com.br  

Imagem de capa: 123rf.com