História >

Hume (2)

• 2273 dias astrás

Continuação do artigo: Hume

Nossa mente liga as ideias de muitas maneiras diferentes, como a semelhança [Luis se parece com Antonio], contiguidade [você está sentado na cadeira] e de causa e efeito [uma bola de gude em movimento ao se chocar com uma bola de gude estacionária faz com que a última se movimente].

Hume distingue dois tipos de crenças: relações de idéias e questões de fato. Os antigos lidam apenas com  associação de idéias dentro da mente e incluem a lógica e a matemática. Este último diz respeito à natureza das coisas existentes, e é este tipo de crenças que Hume pretende analisar e determinar sua origem.

A primeira de todas as análises de Hume é o princípio de causalidade, isto é a visão de que todo evento é produzido por uma causa. Por exemplo, voltemos ao exemplo de duas bolas de gude. A bola de gude em movimento atinge a estacionária, e esta que estava parada, começa a se mover. O que temos experimentado? Percebemos dois eventos: 1) A bola de gude em movimento atinge a bola estacionária 2) A bola de gude parada começa a se mover. E nós percebemos as seguintes relações entre estes dois eventos:

1. Contigüidade: Os dois eventos são contíguos.

2. Prioridade: O primeiro evento ocorre antes do segundo.

3. Conjunção constante: Os dois eventos ocorrem juntos tantas vezes quanto as observamos
.
Hume diz que temos experimentado apenas estas três relações no exemplo acima, e nós nunca experimentamos a bola de gude em movimento fazendo com que a bola de gude parada se mova. Temos as impressões dos dois eventos, mas não temos impressão da própria causalidade, portanto, não há base lógica para acreditar na causa e efeito.

Continua no artigo: Hume(3)

Quer ler mais sobre filosofiaciênciaeconomia e história? Acesse o maior portal de filosofia do país, A Filosofia!

Por: Caio Mariani | www.afilosofia.com.br | caio@afilosofia.com.br | Imagem: tattooedphilosopher.files.wordpress.com

filosofia | david hume | hume | empirismo | empirismo hume | iluminismo hume | iluminismo david hume | empirismo david hume | david hume filosofia | filosofia hume | filosofia de david hume