Filosofia >

Filósofos São Recrutados por Empresas para Interpretar Big Data

• 1646 dias astrás

O ramo de atuação do big data, em primeiro momento, parece ser direcionado para estatísticos e matemáticos, mas pode gerar oportunidades profissionais para filósofos e psicólogos das ciências humanas. O big data é resumido em coleta e análise de quantidade expressiva de informações.
 
Na tecnologia da informação, big data é referente ao grande armazenamento de dados, e maior velocidade também. É denominado que o big data tem base em 5 V, velocidade, volume, variedade, veracidade e valor.
 
Uma parte fundamental da função é obter conclusões partindo de informações e estatísticas que, de forma aparente, não estão relacionadas. Por exemplo, poderia haver uso de dados do consumo de sorvetes no verão, e quantidade de afogamentos, para afirmação que tomar picolé é perigoso.
 
Assim, para não acontecerem estes erros, são necessários especialistas de muitas áreas para análise de informações obtidas; é o que afirma Karin Breitman, vice-presidente da EMC, empresa que possui centro de pesquisas em big data, empresa norte-americana no Rio de Janeiro.
 
É afirmado também que o centro de pesquisas contrata serviços de consultorias de profissionais das áreas de ciências sociais e filosofia direcionados para projetos. E deve contratar alguém para trabalho, de maneira direta, na empresa, brevemente.
 
De acordo com Diego Rondon, gerente da área de TI da empresa de recrutamento Page Personnel, a procura por profissionais com várias formações deve se tornar intensa; e pelos últimos 4 anos foram buscados profissionais com perfil mais técnico, com objetivo de criação das bases da pesquisa com big data, e por agora, inicia demanda por indivíduos de capacidade de interpretar.
 
De acordo com Rondon, a grande parte dos postos de trabalho ficará em consultorias especializadas em tecnologia; já o salário inicial permanece entre R$ 3500 e R$ 4000. A área é considerada nova, e as empresas buscam profissionais de boa capacidade de raciocínio lógico, e apresentam disposição para treino dos jovens promissores.
 
Arthur Nagae de 24 anos de idade é formado em psicologia há 1 ano, porém trabalha com análise de dados para empresa Wunderman, do marketing digital. Uma das funções dele se resume na verificação do desempenho das lojas virtuais e ainda observação em que etapa da compra mais pessoas apresentam desistência, e o motivo.
 
Para ele, é possível contribuir no momento de ter insights, observar novas maneiras de resolução do problema; ainda diz que a formação do psicólogo, mais direcionado para comportamento em comparação com números, é grande diferencial.

Filosofia | Filósofos São Recrutados por Empresas para Interpretar Big Data

Leia também Dia D Completa 70 Anos, Invasão Importante da Segunda Guerra Mundial, e 10 Jogadores de Video Game Mais Bem Pagos.