Filosofia >

Filosofia política

• 1553 dias astrás

Fruto da Antiguidade Clássica, a Filosofia foi criada pelos gregos - primeiro povo que se propôs a tentar solucionar seus próprios problemas. Eles refletiam sobre as fatalidades em suas vidas e buscavam soluções que julgavam racionais e aplicáveis a todos.

LEIA MAIS: Filosofia e religião

No início, a filosofia - anteriormente chamada de filosofia grega - se dedicou exclusivamente ao entendimento da natureza, aos seus eventos e fenômenos. Pesquisavam respostas lógicas para seus acontecimentos e para entendê-la de forma racional. Depois, vieram os grandes teóricos, que foram, posteriormente, os pilares da Filosofia - sendo estes Sócrates, Platão e Aristóteles - e desencadearam várias mudanças nas reflexões filosóficas gregas - principalmente, na área da antropologia (onde o homem passou a ser o ponto de partida da abordagem e não mais a natureza).

Deu-se origem, então à chamada 'filosofia socrática', a qual se tornaria essencial nas reflexões de questões sobre o homem e seus relacionamentos. Isto abriu espaço para avaliações políticas, nas quais Sócrates foi julgado e condenado por subversividade. Apesar de sua condenação, deixou um grande e reflexivo legado. Platão, seu discípulo e seguidor, encarregou-se de manter em alta o pensamento socrático - mas também contribuiu para a filosofia, especialmente, com sua obra A República, na qual discutiu sobre possibilidades de uma sociedade mais justa e ideal.

Apesar de Sócrates e Platão, quem se tornaria um célebre filósofo para a filosofia política grega seria Aristóteles, que estabeleceu o primeiro formato da democracia dos gregos.

LEIA MAIS: Frases famosas de filosofia

Filosofia política
Imagem: culturamix.com [reprodução].