História >

Feliz Dia das Mães

• 2383 dias astrás

"Você era uma criança
Engatinhando na direção dele
Fazendo mamãe tão orgulhosa
Mas sua voz é muito alta
Nós gostamos de ver você rindo
Pegando insetos de plantas
Sem tempo para pensar nas consequências
 
(Refrão)
Controle-se
Leve somente o que você precisa disto
Uma família de árvores quiseram ser assombradas
Controle-se
Leve somente o que você precisa dele
Uma família de árvores quiseram ser assombradas
 
A água está morna
Mas está me enviando arrepios
Um bebê nasce
Chorando por atenção
Memórias desaparecem
Como olhar através de um espelho embaçado
Decisões por decisões são feitas e não compradas
Mas eu pensei que isso não doería tanto
Eu acho que não"

 
Tradução da música "Kids" da banda MGMT
 
Anna Jarvis é reconhecida como o fundadora do Dia das Mães nos EUA. Embora Anna Jarvis nunca se casou e nunca teve filhos, ela também é conhecida como a Mãe de Dia das Mães, um título adequado para a senhora que trabalhou duro para dar honra a todas as mães.

Anna Jarvis teve a inspiração de celebrar o Dia das Mães a partir de sua própria mãe Anna Marie Reeves Jarvis, em sua infância. Uma ativista social e trabalhadora, a Sra. Jarvis constumava expressar seu desejo de que algum dia alguém deveria homenagear todas as mães, vivas e mortas, e homenagear as contribuições feitas por elas.

A filha amorosa, Anna nunca esqueceu as palavras de sua mãe e quando esta morreu, em 1905, ela resolveu cumprir o desejo de sua mãe de haver um dia das mães. A crescente atitude negligente dos adultos americanos para com suas mães e um desejo de honrar suas mães subiram em suas ambições.

Para começar, Anna enviou Cravos no serviço da igreja em Grafton, West Virginia para homenagear sua mãe. Cravos eram as flores favoritas de sua mãe e Anna sentiu que simbolizava o puro amor. Mais tarde, Anna, juntamente com seus partidários escreveu cartas a pessoas em posições de poder político para a declaração oficial do Dia das Mães. O trabalho duro valeu a pena. Em 1911, o Dia das Mães foi celebrado em quase todos os estados da União e em 8 de maio de 1914 o presidente Woodrow Wilson assinou a Resolução Conjunta designando o segundo domingo de maio como o Dia das Mães.

Existem outras referências para o dia das mães que já foi comemorado por exemplo na Grécia Antiga, através de um festival na primavera em homenagem a deusa da maternidade. Na Roma Antiga, eles também tinham um festival na primavera com o nome de Hilaria, dedicado a deusa Reia (ou Cibele), a mãe deusa.

O interessante é que a ideia de Anna não era criar um dia para homenagear todas as mães, e sim uma data individual onde cada família deveria comemorar com suas mães vivas e para relembrar as que já foram. Depois da data criada, em 1920, Anna se arrepende pela data ter se tornado algo muito mais comercial do que emocial.

De um abraço forte na sua mãe e diga que a ama!

Feliz dia das Mães!

Quer ler mais sobre filosofiaciênciaeconomia e história? Acesse o maior portal de filosofia do país, A Filosofia!

Por: Caio Mariani | www.afilosofia.com.br | caio@afilosofia.com.br | Imagem: jennacatleyrichardson.files.wordpress.com



filosofia | dia das maes | feliz dia das maes | dia das maes filosofia | dia das maes historia | historia mae | dia das maes comercial | dia das maes emocao | dias das maes abraco