Filosofia >

Dignidade Doméstica

• 2216 dias astrás

Um assunto muito polêmico é quando queremos analisar a dignidade de um trabalho, no caso deste artigo, tratarei sobre a dignidade da domestica. Muitos dizem que o trabalho de limpeza não é digno, não posso concordar com isso, é sim digno e além disso extremamente necessário.

Dignidade é uma palavra subjetiva - cada sujeito classifica diferentes atividades como dignas ou não dignas - adjetivos como: nojo, periculosidade, mal tratamento, invisibilidade, submissão; poderia citar outros, não tornam um trabalho indigno, talvez trabalho com esses adjetivos não sejam o trabalho que todos queiram.

Determinados trabalhos exigem um certo esforço inicial para se conseguir executa-lo, para ser um engenheiro por exemplo, é necessário você cursar 5 anos de universidade, e para conseguir finalizar o curso em 5 anos, provavelmente terá que ter se dedicado durante o curso e também já ter um conhecimento básico de ensino fundamental. Não são todos os indivíduos que gostam de ter esse esforço, alguns preferem viver uma vida mais simples - claro que existem diversos que não tem oportunidades -  e para esses trabalhos de limpeza, domestica, são interessantes.

Indigno é dizer que trabalho de doméstica é indigno, pois desta forma, você automaticamente está indignificando este trabalho, e estas pessoas que fazem isso, querendo ou não, também utilizam desses serviços, só pelo fato de andar na rua, utilizar transporte publico, comer em qualquer restaurante. Todas atividades requerem limpeza e organização, ou seja, além do trabalho ser digno é imprescindível no quesito operacional e higiênico de qualquer ambiente e lugar. 

Quer ler mais sobre filosofia, ciência, economia e história? Acesse o maior portal de filosofia do país,A Filosofia!

Por: Caio Mariani | www.afilosofia.com.br | caio@afilosofia.com.br | Imagem: 4.bp.blogspot.com
 
a filosofia | filosofia | domestica | empregada domestica | filosofia domestica | critica domestica | cronica domestica | domestica dignidade | empregada dignidade | cronica empregada | critica empregada | filosofia empregada