Filosofia >

Como formar um cidadão ético?

• 2259 dias astrás

Na filosofia, muitas vezes, temos que tomar cuidado com a pergunta formulada, porque em grande parte dos casos, a própria pergunta já é falaciosa, a pergunta que está no título deste artigo é um desses casos.

A pergunta não procede pois subentende-se a existência de uma ética absoluta, o que não existe. Os valores éticos de uma sociedade são fundamentados em sua legislação, o que esta fora disso é subjetivo e não é de responsabilidade do estado. Dessa forma perguntar como formar um cidadão ético se refere a uma ética que está além da fundamentada pelo estado, se a pergunta se refere a ética estabelecida pela legislação, então a pergunta deveria ser reformulada, por instância: Como formar um cidadão não corrupto?

Também não podemos confundir a ética existente nos conselhos, que são fundamentadas nas regras destes. Estas são definidas pelo conselho relativo a cada profissão e relativas a este e a seus profissionais. A ética é sim subjetiva não existem sujeitos com éticas idênticas, uma vez que a ética de um sujeito só pode ser conhecida por este, e não há um meio de se estabelecer uma absoluta, Kant até que tentou.

Ou seja, falar em formar um cidadão ético exige a existência de uma ética absoluta, o que não procede, é impossível educar um cidadão a ser algo, se esse algo nem existe de forma definida, são as relações pessoais ( aqui esta incluso a família) que moldam a ética de cada individuo.

Porém, vamos agora partir para a pergunta reformulada, a primeira coisa para formação de um cidadão é este possuir acesso aquilo que precisamos para sobreviver decentemente: casa, comida, saúde, vestimenta e educação básica para o individuo ser capaz de pescar o peixe sozinho.

Outro ponto que deve ser salientado é que isso apenas não é suficiente para formar cidadãos não corruptos, o que existe muito e são os mais perigosos, pela dificuldade em descobrir e pelo poder de coerção, são aqueles conhecidos como "crime do colarinho branco", e para o combate de todos os crimes é necessário haver uma boa polícia investigativa por trás, para impedir o corrupto de sair ileso e assim inibir a ação criminal, além de uma cultura que despreze estes indivíduos, o que estamos longe de ter no Brasil.

Quer ler mais sobre filosofiaciênciaeconomia e história? Acesse o maior portal de filosofia do país, A Filosofia!

Por: Caio Mariani | www.afilosofia.com.br | caio@afilosofia.com.br | Imagem: 2.bp.blogspot.com
a filosofia | filosofia | cidadao etico | etica | cidadania | educacao | educacao etica | criminalidade | como formar um cidadao etico | etica subjetiva | etica relativa